Treinamentos técnicos e táticos.

Atualizado: 30 de Jul de 2019



O primeiro time de Shopping no Brasil a realizar um treinamento tático de combate. O centro de treinamento Bodyguard Shooting Academy do Robson do Prado foi o local escolhido para a realização destes treinamentos, uma pista de alto nível internacional.


O instrutor Mike do grupo tático alemão GSG9 ministrou o curso no emprego de armas portáteis, a Ultra-Lite Titanium Model 85 .38 SPL - Revolver, equipamento de uso da equipe de segurança orgânica do Shopping Morumbi.


O treinamento foi personalizado às características deste tipo de ambiente e aos seus tipos mais comuns de ocorrências.


Dentre tantas situações administradas de casos reais destaco apenas as intervenções onde foram libertas várias vítimas de sequestros relâmpagos oriundos de assaltos ocorridos fora dali, mas que foram atraídas àquele centro de compras para a utilização de seus cartões de crédito, muito comum naquela época onde aflorava o crime organizado com as suas novas modalidades de assalto.


Foram mais de dez intervenções de sucesso onde foram libertas as vítimas, presos seus autores, apreendidas as armas sem um único embate efetivo, pois além dos treinamentos tínhamos uma inteligência tática bem definida e o elemento surpresa era muito bem administrado por nós.


Decisões difíceis, pois nossas intervenções sempre ocorreram no intervalo entre o acionamento e chegada das polícias.


Estes comandos por mim autorizados, na maioria dos shoppings no Brasil, é ainda hoje fruto de questionamentos entre a necessidade e legitimidade das ações.


A necessidade se justificava pela eminência de saída do shopping, tínhamos a certeza da natureza da ocorrência, só não sua origem se, externa ou interna. Trabalhávamos na hipótese mais grave a de ser interna e logo a justificativa legal era legitimada pela intervenção mediante a artigo 301 e 302 do código penal, sobre o flagrante delito.


O estresse da diretoria era acalentado pelo sucesso e gratidão dos clientes libertos, a coragem nas tomadas das decisões sempre foi ancorada na certeza de nossa capacidade técnica, mas ainda hoje é tema controverso e administrado de forma leniente pela maioria dos gestores destes centros de compras.


As outras fotos de Israel é só o registro da lembrança de algo que efetivamente aconteceu e do quanto foram produtivos o intercâmbio internacional e a convivência com colegas brasileiros, empreendedores de alto nível, e com os profissionais, policiais e militares, das áreas de inteligência das forças públicas nacionais.


A motivação que nos levou para lá foi a informação dos serviços de inteligência brasileiro que descobriu a evolução do crime organizado no emprego de explosivos com carga diminuta, para atentados contra bancos e carros fortes. Muito comum nos dias de hoje.


Às nossas “expensas” fomos lá aprender como gerenciar crises neste tipo de atentado.


Bernardino de Jesus

Consultor Sênior de Segurança



0 visualização

Bernardino de Jesus  |  Especialista em Segurança Física de Instalações  |  BJ Assessoria e Consultoria de Segurança  |  011 99223-7529 

© Copyright 2023  Strategic Consulting